MATERNIDADE SANTA ISABEL

Conhecida como Maternidade Santa Isabel, a Maternidade Dr. João Firpo foi fundada em 1957, presta serviço a população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente, a maternidade é composta por 12 (quinze) leitos no PPP (Pré-parto, Parto e Pós-parto), 02 (duas) sala cirúrgicas para parto normal, 02 (duas) salas cirúrgicas para parto cesáreo, Sala de Observação, Sala do Recém-nascido, 10 (dez) leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI, 30 (trinta) leitos de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), 30 (trinta) leitos de Unidade de Cuidado Neonatal Convencional – UCINCo e 78 (setenta e oito) leitos nos alojamentos conjuntos.


A Rede Cegonha no Hospital e Maternidade Santa Isabel foi implantada em abril de 2014 e teve como plano de ação: reuniões periódicas com as equipes, elaboração de cronograma de reunião mensal para cada unidade, dificuldade de integração entre as categorias profissionais no processo de trabalho das unidades de produção, inclusão de espaço com representantes de todos os grupos na Comissão de Controle de Qualidade, ausência de espaços de compartilhamento sobre os processos de trabalho, criação de grupo de discussão e monitoramento. Através da Rede Cegonha houve adequações na estrutura da Ouvidoria, divulgação e treinamento dos colaboradores e realização de agendamentos de visitas das gestantes todas as quintas-feiras para conhecer as instalações da maternidade, os serviços proporcionados, o Posto de Coleta de Leite Humano e recebem orientações quanto à importância do Manejo do Aleitamento Materno.


Seguindo as diretrizes da Rede Cegonha para nortear a reorganização dos processos de trabalho nos serviços obstétricos-neonatais foi implantado no  Hospital e Maternidade Santa Isabel integralmente o Acolhimento e Classificação de Risco e a qualificação do acesso com a melhoria do acolhimento desde a porta de entrada; a garantia  de boas práticas e segurança na atenção ao parto e nascimento para manter o contato pele a pele mãe-filho, manter a amamentação na primeira hora de vida, estimular a amamentação livre demanda, livre escolha do acompanhante, reuniões antes da alta com as parturientes e acompanhantes sobre limpeza do coto umbilical, banho, teste do pezinho, imunização e registro de nascimento que pode ser realizado na própria Maternidade Santa Isabel.


A Maternidade Santa Isabel recebeu o selo Hospital Amigo da Criança em junho de 2014, e logo, o selo Hospital Cuidado Amigo da Mulher, essas conquistas deram-se através de diversas mudanças em procedimentos, investimentos na estrutura física, cursos de capacitação sobre o Manejo do Aleitamento Materno para todos os seus funcionários, tornando-os aptos a passar orientações as parturientes. A maternidade passou por uma criteriosa auditoria na unidade realizada por técnicos do Ministério da Saúde que analisou e aprovou “in loco” que a entidade atendia aos Dez Passos do Aleitamento Materno definidos pela OMS e pela Unicef.