Leitura

Dia Mundial da Doadora de Leite Humano é comemorado no Hospital e Maternidade Santa Isabel

30 de Maio de 2018


A equipe do Posto de Coleta de Leite Humano (PCLH) “Dr. José Fernando Fontes Guedes” do Hospital e Maternidade Santa Isabel realizou no dia 21 de maio um encontro emocionante da equipe do PCLH com as mamães doadoras de leite humano, e também, com as mamães que não puderam amamentar seus bebês e recebem a doação do leite humano.


Iniciou o evento a Dra. Izailza Matos, médica responsável pelo PCLH, falando para as mamães presentes sobre a importância da doação de leite humano, dos benefícios de leite humano para um recém nascido até os seus 1000 dias de vida e de como a doação de leite humano pode salvar vidas. “O recém nascido que recebe o leite humano, principalmente, nos seus primeiros dias de vida, como também, aqueles que estão na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), tem grandes chances de ficarem fortes e saudáveis mais rápido, pois o leite materno é rico em proteínas que possuem diversas funções: contém todos os aminoácidos essenciais, que atuam como fatores de proteção e transportam hormônios e vitaminas”, enfatizou.


A equipe do Posto de Coleta de Leite Humano, diariamente, passa nos alojamentos conjuntos para orientar e esclarecer dúvidas sobre amamentação. Segundo a Coordenadora do Posto de Coleta, Enfermeira Maria Auxiliadora Bispo, quando a funcionária do PCLH sinaliza uma mãe saudável que possa ser doadora, ou seja, uma mãe que amamenta seu bebê e mesmo assim produz muito leite, essa mãe é convidada para ser doadora. “A mamãe que decide ser doadora é encaminhada para o Posto de Coleta de Leite Humano para receber orientações de como acondicionar e ordenhar o leite de forma higiênica e segura. Além disso, disponibilizamos as mamães doadoras o ambulatório de aleitamento onde poderá levar seu filho para consulta até o sexto mês de vida”, frisou a coordenadora.


Atualmente, o PCLH tem 15 doadoras, e duas vezes por semana um funcionário do hospital faz a coleta do leite humano na residência da doadora. O leite recolhido é pasteurizado e distribuído com prioridade aos recém-nascidos prematuros ou de baixo peso (com 2.500 kg ou menos) e aos que tem problemas gastrointestinais.



Galeria de Fotos